últimas notícias


Você está aqui: Home  |  Notícias  |  MS  |  Governo aposta em parceria com ...
MS | 24/09/2017

Governo aposta em parceria com empresas privadas

Mato Grosso do Sul é o único Estado da Região Centro-Oeste a participar deste leilão de reserva da EPE
govempresaespanhola

govempresaespanhola

Nesta terça-feira (7), o presidente da empresa espanhola Solatio Energia Project Management, Pedro Vaquer Brunet, se encontrou com o governador Reinaldo Azambuja para apresentar mais detalhes sobre projetos da empresa para Mato Grosso do Sul, que preveem investimento de R$ 7,5 bilhões na construção de 20 usinas solares fotovoltaicas em uma área total de 3.700 hectares dos municípios de Cassilândia e Paranaíba, na região do Bolsão.

O encontro entre Reinaldo e Pedro Vaquer foi realizado em Brasília (DF) e contou com a participação do secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (Semade), Jaime Verruck. Para o titular da Semade, a instalação das usinas no Estado vai tornar Mato Grosso do Sul “referência nacional na produção de energia limpa”, o que contribui para atração de novos empreendimento e geração de emprego e renda.

Durante o encontro, Pedro Vaquer Brunet agradeceu a gestão eficiente do Governo do Estado, que possibilitou a entrega da Licença Prévia (LP) para que a Solatio se habilitasse a participar do 1º leilão de reserva da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), que vai acontecer em 29 de julho.

Licença prévia e projeto

A entrega da Licença Prévia para os projetos da Solatio ocorreu na Semade em 9 de maio deste ano. Com o documento, a empresa pôde concluir o processo de habilitação para o 1º leilão de reserva da EPE. Neste certame, Mato Grosso do Sul é a quarta unidade da federação em número de propostas apresentadas à EPE (atrás da Bahia, Piauí e São Paulo). Dos 21 projetos previstos para o Estado, 20 são da empresa espanhola.

“A exemplo do que fizemos com a demanda recebida de empreendimentos de biomassa, também tratamos de forma equivalente com as solicitações das usinas fotovoltaicas. Demos celeridade à tramitação do processo de licenciamento prévio no Imasul para possibilitar a habilitação das propostas no leilão da EPE”, disse Jaime Verruck no momento da entrega.

Mato Grosso do Sul é o único Estado da Região Centro-Oeste a participar deste leilão de reserva da EPE. “Alguns estudos já apontaram que a incidência solar em nosso Estado é bastante propícia ao desenvolvimento de projetos na área de energia fotovoltaica. Esse diferencial competitivo está sendo comprovado com o número de projetos que se interessam em se instalar em nossa região”, avaliou o titular da Semade.

O projeto da Solatio prevê a a distribuição das usinas da seguinte forma: 13 em Cassilândia, com capacidade de geração de 800 MW e outras 7 em Paranaíba, com potencial de gerar outros 400 MW. No total, são 3700 hectares de terra com placas fotovoltaicas. A previsão é de que sejam gerados 1,5 mil empregos na etapa de implantação e 450 na fase de operação. A viabilização dos investimentos será definida após a realização do leilão de reserva da EPE, que acontecerá em 29 de julho. Também participaram do encontro o deputado federal Dagoberto Nogueira e diretores da empresa.


Fonte: Juliana Brum / Assessoria de imprensa
Compartilhe:




banners da schin_300x250
tempo


facebook



Anastácio News © 2015. Todos os direitos reservados